MARIA NUNES
 

        Maria Nunes, Mariazinha como era conhecida, nasceu em 13 de Fevereiro de 1892, em Tremedal, actual Monte Azul-MG. Ainda pequena dizia ver e conversar com os espíritos. Quando o seu filho João Nunes conheceu a Doutrina Espírita dava-lhe grande apoio e dizia: "você não deixa isso não, que isso é verdade".

        Maria Nunes era filha de João Nunes Pereira e dona Isabel de Quadros Bittencourt Pereira, crescendo numa família de pais católicos, sem maiores conhecimentos da Doutrina Espírita. Quando o pai desencarnou, sua mãe mudou-se para Agudos-SP, e Maria, obedecendo aos compromissos assumidos com a espiritualidade, não se adaptou e voltou para Minas Gerais, indo residir com um irmão casado.

        Mais tarde, casou-se com Joaquim da Silva Maia, tendo nove filhos, sendo João Nunes Maia o segundo deles. Durante a adaptação atribulada do filho à mediunidade, foi para ele consolo e suporte. Desencarnou em Glaucilândia, em 10 de Janeiro de 1945, prevendo a sua partida dois dias antes. Mesmo em outro plano, acompanhou e orientou João Nunes no seu trabalho de concretização da Sociedade Espírita Maria Nunes. Através da psicografia do filho, escreveu sete livros: Ele e Ela, Cinquenta Missivas, Cinquenta Epístolas, A Lei de Deus no Pensamento dos Homens, Sabedoria e Unidade do Lar.


Fonte: http://www.marianunes.org.br/marianunes.htm

 

CEIF - Centro Espírita Irmã Filomena
Rua Padre Joaquim Subida, Armazém nº1
C.P. 4490-666 - Póvoa de Varzim
 Portugal 
ceif.pvz
@gmail.com